Mastite

35ad028d07a929c0d8bc023b16316e9e6f712659_primary

A inflamação nas glândulas mamárias acontece com muitas mães. O ideal é esvaziar o peito para que não acumule leite e prejudique a mamãe, o bebê e amamentação.

É preciso prestar atenção no momento da mamada. Com certeza, o médico já orientou você sobre como dar o peito. O excesso de leite que acumula no local entre as mamadas pode causar a mastite.

Nos casos mais graves, quando há febre, é necessário o uso de medicamentos como antibiótico. Mas são casos mais raros. As rachaduras nos seios podem aumentar as chances de infecção.

Os principais sintomas são dor e sensação de que o peito está pesado e duro. O ideal, mesmo que não consiga esvaziar os peitos durante as mamadas, é que seja feita a ordenha para retirar o excesso de líquido.

Como fazer a ordenha?

A maioria dos médicos não indica o uso de bombinhas para esvaziar os peitos, mas sim a ordenha manual.

1. A mulher deve estar com as mãos e os seios limpos.
2. Deve sentar-se em uma posição confortável.
3. Priemeiro, ela deve massagear os locais onde há maior acúmulo de leite. É fácil de perceber pois os seios ficam mais errijecidos nestes lugares. Podem ser onde os dutos mamários estão entupidos.
4. Depois, aos poucos, é preciso empurrar a pele em direção ao bico do peito. Neste momento pequenos jatos de leite serão expelidos.
5. A mamãe pode desprezar este leite ou guardá-lo em potes de vidro (previamente esterelizados), mantendo-os abaixo do seio no momento da ordenha.

Dicas

  •  Banhos com a água em temperatura morna podem ajudar. Não tome banho muito quente nem muito frio.
  • Bolsas de gel não são recomendadas pelos médicos.
  • Ajudar seu bebê e pegar o peito corretamente, o que não causará ferimentos e facilitará a saída do leite.
  •  Você pode doar o excesso de leite a bancos de leite.
  •  Não é recomendado parar de amamentar quando se tem mastite, mas tratá-la e continuar esvaziando os seios.
Assuntos relacionados: 1 e 2 Semana, 3 e 4 Semana, 5 e 6 Semana, 7 e 8 semana, 9 e 10 semana, Amamentação, Complicações, ebê, Mastite, Saúde