Cãibras nas pernas durante a gravidez

caibrasAs mudanças no corpo durante a gravidez e o aumento de peso fazem com que as pernas sejam sobrecarregadas e as temidas cãibras comecem. Exercícios leves e uma alimentação saudável vão ajudar a evitar ou minimizar o efeito das cãibras nas pernas.

A cãibra se dá pela contração involuntária do músculo e costuma acontecer quando se está mais relaxada, ou seja, durante o sono ou após muito esforço e exercícios físicos sem preparação.

É normal que se tenha cãibras nas pernas durante a gravidez. Elas acontecem geralmente na panturrilha e coxas, mas algumas grávidas sentem cãibras até mesmo na barriga e virilha. Essa contração muscular aparece com frequência a partir da segunda metade da gravidez e pode estar relacionada a falta de cálcio e magnésio no organismo.

Além do ganho de peso, as cãibras também podem acontecer devido alterações na circulação sanguínea. Apesar da dor intensa, a cãibra não desencadeia danos à musculatura e uma contração pode durar alguns minutos.

Mesmo sendo uma das consequências da transformação em seu corpo, é possível evitar que as cãibras aconteçam repetidamente.

Veja essas dicas que ajudarão com seu corpo e músculos:

Faça alongamentos

Os alongamentos aquecem o corpo para atividades físicas e até mesmo realizações rotineiras. Esse “aquecimento” previne que os músculos façam contrações involuntárias.

Alongue seus membros ao começar o dia e também antes de dormir para evitar cãibras quando o corpo estiver mais relaxado.

Massagens e banhos quentes também ajudam no relaxamento da musculatura, principalmente quando já houve a contração. Tenha uma bolsa térmica que possa ser aquecida e usada em caso de cãibras para ajudar na regeneração muscular.

Exercícios

Sempre enfatizamos que exercícios físicos são importantes durante a gestação. O corpo em atividade fortalece e enrijece a musculatura, impedindo que cãibras aconteçam com maior frequência do que com mães que não praticam nenhuma atividade.

Caminhadas e esportes realizadas na água movimentam todo o corpo com baixo impacto nas articulações e mantém os músculos ativos.

Conforto

Fuja das roupas justas e sapatos com saltos muito altos. Além de desconfortáveis também podem afetar sua musculatura; não se esqueça que o peso do corpo aumentou e ele precisa se adaptar.

Alimentação

Uma alimentação mais saudável também contribui para a prevenção de cãibras na pernas.

Evite refrigerantes, frituras e produtos em conservas. Busque por alimentos ricos em cálcio, como leite e seus derivados, folhas, que são ricas em magnésio, e potássio, presente na banana, cenoura e tomate.

Outros alimentos para entrar na dieta são: abacate, laranja, castanhas e amêndoas.

Hidrate-se

A introdução de líquidos na dieta das futuras mamães é essencial. Beba muita água para se manter hidratada, além de ajudar na circulação sanguínea e evitar cãibras nas pernas e outros locais.

O ideal é que seja consumido de 2 a 3 litros d’água por dia.

Cuidado com o stress

Seu corpo também pode estar reclamando de muita preocupação e ansiedade, fique atenta.

Procure não passar por situações que já se sabe que pode haver stress, como no trabalho ou em determinados ambientes. Seu organismo passa por mudanças contínuas e situações externas podem interferir em como seu corpo responde a determinados momentos, e uma das respostas pode ser a contração involuntária dos músculos.

Meias de compressão

Converse com seu médico sobre o uso de meias de compressão para saber se é indicado no seu caso.

As meias são usadas para desinchaço dos pés e pernas e, assim, melhora na circulação sanguínea. No caso das cãibras, podem ser bem vindas na hora de dormir.

Seu médico indicará melhor e marca e modelo para sua gestação, não deixe de conversar com o especialista.

Caso as contrações involuntárias apareçam com frequência e você não sinta melhora mesmo com essas dicas, as cãibras não são ocasionais e devem ser investigadas pelo seu médico.

Se houver dores constantes nas pernas, inchaço ou sensibilidade nas pernas, não deixe de conversar com seu obstetra para saber se há algo a ser examinado.

Devido o aumento na circulação sanguínea é importante estar atenta, pois tromboses ou outros problemas relacionados ao sangue.

Observe seu corpo e veja como ele responde a essa adaptação durante o avanço da gravidez. É hora de cuidar da alimentação, praticar exercícios e deixar o organismo preparado para cuidar do seu bebê que está crescendo.

Ficou alguma dúvida? Não deixe de escrever nos comentários!

manual-da-gravida-banner-laranja

Assuntos relacionados: cãibras, Complicações na Gravidez, Corpo e Beleza, Desconforto na Gravidez, Semana 20, Semana 21, Semana 22, Semana 23, Semana 24, Semana 25, Semana 26, Semana 27, Semana 28, Semana 29, Semana 30