41ª e 42ª Semanas de Gestação

A data calculada do parto passou e você está quase explodindo de curiosidade.

41-42 Semanas de GestaçãoA data calculada do parto passou e, se o bebê ainda não nasceu, você provavelmente está muito perto deste momento.

Sua barriga...

Visto clinicamente, seu filho está totalmente desenvolvido e não cresce mais de forma marcante mesmo se o parto ainda demorar de dez a quinze dias.

Seu médico agora realizará controles mais frequentes para assegurar que continua havendo suficiente líquido amniótico e que a irrigação sanguínea da placenta é boa.

Também os batimentos cardíacos de seu filho são monitorados regularmente para examinar seu bem-estar e suas reservas.

Alguns bebês nascem sozinhos alguns dias após o prazo se for dado o tempo e a tranquilidade necessária.

Alguns chegam somente depois que foram ajudados com diversas formas naturais de ajuda, outros, por seu lado, somente quando o parto é induzido clinicamente.

E você...

Caso a data calculada do parto transcorra, a maioria das futuras mamães desenvolve uma pressão interna crescente.

Os temores ficam mais evidentes, o médico talvez comece a falar sobre intervenção, todos os conhecidos perguntam constantemente, com freqüência, tudo isto é bastante estressante.

Por esse motivo, muitos pais experientes decidem espalhar entre os amigos uma data de parto que é duas semanas depois da data real calculada, para evitar as inúmeras perguntas sobre o parto que já está muito próximo.

Tente soltar internamente para dar à criança o espaço caso ela ainda precise de algum tempo antes de vir ao mundo.

Converse com suas amigas, família ou seu parceiro e tente aproveitar completamente ainda uma vez o tempo que resta, por enquanto, são as últimas noites em que você poderá dormir tranquilamente ...

Fale bastante e longamente pelo telefone com sua melhor amiga, deixe que seu parceiro cozinhe e vá uma vez mais ao cinema, somente os dois, desde que você esteja bem.

Se a paciência e a tensão ficarem excessivamente intensas, fale com seu médico e encontrem juntos um comportamento compatível com você.

Ouça as sugestões dos especialistas quando uma orientação for conveniente por motivos de saúde ou clínicos.

Lembrete

Se você tiver problemas em se libertar da mistura de sentimentos de felicidade antecipada e nervosismo, procure alguma distração.

Prepare um primeiro esboço do cartão que irá mandar para os amigos e familiares comunicando a “boa nova”, passe ainda algumas horas tranquilas com seu parceiro ou faça algo que leve seus pensamentos para outras coisas.

Afinal, talvez a data não tenha sido bem calculada. Ou talvez tudo tenha um sentido mais profundo, talvez seu filho ainda precise de mais tempo para vir ao mundo.

Talvez você mesma ainda pretenda resolver ou esclarecer alguma coisa antes que aconteça.

Tente se soltar. E quando você sentir que ainda falta alguma coisa, poderá ser útil discutir esses temas com seu parceiro ou médico.

E quando finalmente chegar a hora, você saberá que o tempo de espera valeu a pena!

Uma pequena sugestão: depois do nascimento, aproveite a chance, juntamente com seu parceiro, para dar as boas-vindas carinhosas a seu bebê nas primeiras horas em uma atmosfera de tranquilidade.

Aproveite a visão de seu bebê e admire seus dedos pequenos, o nariz doce ou sua pele aveludada.

Fale amorosamente com ele enquanto estiver deitado sobre sua barriga ou quando fizer tentativas para mamar em seu seio.

Assim, ele ouvirá a voz familiar que já ouvia em sua barriga. Essa dedicação e atenção ajudam o recém-nascido a se sentir abrigado e seguro nesse mundo novo.

Naturalmente, é maravilhoso quando também o “novo pai” faz esses carinhos em seu filho.

Caso ocorram dificuldades durante o parto inclusive com a separação da mãe e do filho, então segure seu bebê nos braços com frequência e demoradamente ou coloque-o sobre o peito nu assim que estiverem novamente juntos.

Com essas horas de carinho e ternura profundos você cura muitos vestígios da dor da separação, tanto em seu bebê como também em você mesma.

Mesmo após a transferência para o quarto do puerpério, telefonemas longos e as primeiras visitas de avós impacientes ou amigos também podem esperar um pouco.

Deixe passar um pouco de tempo para essas apresentações iniciais. Esses momentos são únicos.

Muitas felicidades para toda família!!

Leia também sobre a 1ª e 2ª Semana do seu bebê.

manual-do-bebe-2-banner-verde

Assuntos relacionados: Nascimento, Semana 41, Semana 42, Semana e Gravidez