4 Primeiras Semanas de Gestação – Saiba tudo o que Acontece

É impressionante imaginar que em poucos meses um ser humano completo será formado dentro do ventre de uma mãe, não é?

gravidez 4 semanas

É impressionante imaginar que em poucos meses um ser humano completo será formado dentro do ventre de uma mãe, não é?

E muito desse desenvolvimento depende das primeiras semanas de gravidez quando o embrião chega ao estágio de blastocisto dias após a fecundação.

Saiba o que está acontecendo aí na sua barriga enquanto seu bebê começa a crescer.

Mesmo sem você saber que está grávida, muitas coisas já estão acontecendo dentro do seu corpo e preparando o espaço para a criança que vem aí.

Este momento é muito mais sobre o bebê e como o seu corpo se prepara para dar início à gestação, por isso, as mães só descobrem a gravidez a partir da 5ª semana, começando daí o primeiro mês de gravidez, quando o organismo anuncia que realmente algo está diferente e os enjoos e náuseas acontecem junto ao atraso da menstruação, pois já houve a fecundação.

O avanço das células até a formação do embrião acontecem neste início de gestação, quando poucos sinais podem ser percebidos pela mãe.

Veja o que acontece nas primeiras semanas da sua gravidez, antes mesmo de você saber que algo está prestes a mudar.

Os avanços são significativos para o desenvolvimento do bebê. O blastocisto, como é chamado a junção das células embrionárias, começa a ganhar força e trabalhar em favor e da divisão das células para formação de todas as partes do corpo do seu filho e elementos necessários para a gestação.

Saiba contar as Semanas na Gravidez

Você já deve ter percebido que os médicos falam sobre a gestação referindo-se em semanas, certo?

Isso acontece pois não se sabe ao certo quando o óvulo foi fertilizado e, para calcular o tempo de gestação, a conta começa a partir do primeiro dia da última menstruação para conhecimento do ciclo menstrual.

A mulher ovula aproximadamente no meio do ciclo menstrual e a concepção ocorre depois da ovulação. Portanto, somente a partir da 3ª semana desde a ovulação que há a fecundação e, assim, a gravidez.

Neste período, dificilmente a mãe sentirá algum sintoma ou até mesmo incômodo devido as mudanças em seu corpo e preparação para a gestação.

1ª Semana

Na primeira semana acontece a ovulação. É mais um ciclo menstrual onde seu corpo se prepara naturalmente para uma gestação; os óvulos maduros são desprendidos do ovário e lançados no tubo uterino para que haja fecundação com o espermatozóide.

A vida de um óvulo se dá entre 12 e 24 horas e deve ser fecundado neste período. Se não acontecer, ele será removido do organismo na próxima menstruação.

Com a fecundação do óvulo e fertilização dada pelo espermatozóide, o cálculo das semanas de gravidez dão início a partir do dia do último período menstrual.

2ª Semana

Aproximadamente 24 horas depois da fecundação, o sexo do bebê já é escolhido e a vida começa a ser gerada. Agora você está oficialmente grávida!

Com a fertilização do óvulo, o núcleo da mulher se funde com o do espermatozóide, origina-se o ovo fecundado, chamado de zigoto (ou dizigotos e monozigotos no caso de gêmeos), e a divisão das células começam.

A partir daí, os materiais biológicos (ADN) da mãe e do pai começam a definir as características do bebê, como cor dos olhos, do cabelo, altura,  e o tão esperado sexo. Será que vem um menino ou uma menina?

Tudo que o óvulo precisa de qualidades e atributos genéticos já estão disponíveis para formação dessa vida única e tão especial.

Dificilmente você sentirá alguma mudança em seu corpo ou na rotina, fique tranquila, é totalmente natural. Com a definitiva concepção, seu organismo começará a emitir sinais das mudanças e do novo morador que está crescendo.

3ª Semana

Nesta semana, importantes fases do desenvolvimento do embrião começam a acontecer. As células da cabeça e da cauda se unem e o cérebro dá início à sua formação.

As células, que foram divididas a partir da fecundação, possuem diferentes funções para, em sua união, dar o desenvolvimento necessário ao corpo do bebê.

O blastocisto, nome dado ao conjunto de células com todas as informações e características genéticas começa a formar o embrião que irá ao útero.

As diferentes células e sua divisões e subdivisões são o que futuramente veremos como órgãos, tecidos, placenta e até mesmo o cordão umbilical.

O blastocisto segue seu caminho ao útero para que a gestação dê seu início; isso acontece durante a próxima semana.

Tudo ainda é muito sutil para que você sinta algum sintoma, mas durante essa passagem do blastocisto a caminho do útero pode haver um corrimento e até mesmo sangue, mas nada que prejudique sua gravidez.

4ª Semana

Já estamos na segunda semana após a fecundação do óvulo e as células e suas camadas começam a se distinguir para o avanço no desenvolvimento do embrião. Elas são divididas em ectoderme, mesoderme e endoderme.

A ectoderme se refere às células que formarão o cérebro, sistema nervoso, cabelo e pele; a mesoderme dá origem aos ossos, músculo, sistema vascular e os rins; e a endoderme cuida da parte intestinal, pulmões e demais órgãos.

Neste período, o blastocisto se divide em dois, sendo uma parte para o desenvolvimento do bebê (parte interna) e outra para geração da placenta (parte externa), que já começa a liberar o hormônio da gravidez (Gonadotrofina Coriônica Humana, o HCG) e seus ovários recebem o comando para não liberar mais óvulos.

O corpo da mamãe continua se preparando para o período gestacional e crescimento da criança. Nesse momento você já percebe o atraso menstrual e o teste de farmácia ou de sangue irá mostrar que você tem alguém começando a crescer em seu ventre, mesmo que ainda tão pequeno!

Saiba mais Sobre o Blastocisto

Blastocisto é o nome dado ao embrião no começo de sua formação, entre o 5º e 7º dia, e o seu conjunto de células que, futuramente, irão definir as funções do corpo, como órgãos, tecidos e sistema nervoso.

O blastocisto carrega sua peculiaridades na divisão das células que farão a divisão entre a placenta e o bebê. É nesse estágio que o embrião chega ao útero depois de deslocar da Trompa de Falópio.

Para a Fertilização In Vitro, o período do embrião como blastocisto é o mais indicado para o procedimento e a transferência para o útero da mulher que recebe.

Quanta coisa pode acontecer em tão pouco tempo, não é mesmo? As primeiras semanas da gravidez são apenas o começo de um lindo momento em sua vida!

Lembre-se: qualquer novidade ou dúvida deve ser informada ao seu médico! Manter-se informada sobre o que acontece nesse momento é essencial e dará muito mais confiança para você e tranquilidade para sua gestação.

Baixe nosso Manual da Grávida e tenha com você sempre que precisar essas e muitas outras informações essenciais para sua gestação!

Assuntos relacionados: blastocisto, Desenvolvimento, embrião, fecundação, Gravidez, Semana 1, Semana 2, Semana 3, Semana 4, Semana 5, Semana 6, Semana 7, Semana 8