Problemas de Bexiga na Gravidez

Urinar muitas vezes é normal durante a gravidez.

problemas_bexiga

Problemas de bexiga podem acontecer durante os nove meses, saiba reconhecer os sinais.

Na gravidez, muitas mudanças e desconfortos acontecem no corpo da mulher. Uma das mais presentes são a frequência urinária e outro fatores relacionados à bexiga.

O aumento do xixi não é um problema, mas fique atenta a dores, ardência ou sangramentos presentes no momento da urina.

A Pressão sobre a Bexiga

Com o crescimento do útero, a bexiga é um dos órgãos mais pressionados para liberação de espaço para o crescimento do bebê dentro da barriga.

Isso causa uma vontade maior de urinar, mas não significa que existem problemas de bexiga.

O peso adicional do bebê também pressiona os órgãos internos, o que pode ocasionar dores, porém, você deve observar mudanças no seu corpo para identificar os sintomas de uma possível infecção de urina e, assim, procurar tratamento o mais rápido possível.

Pela maior produção do hormônio progesterona, a musculatura da bexiga também está mais relaxada, o que permite a eliminação involuntária de urina durante a tosse, o riso ou a caminhada.

Apesar de incômodo, faz parte do período de gestação e adaptação do seu corpo.

Cuidados Frequentes

A vontade de fazer xixi é muito frequente, mas não segure!

Isso pode acarretar uma infecção urinária. E mesmo que você vá mais vezes ao banheiro, não significa que o volume de urina aumentou; a pressão na bexiga dificulta seu esvaziamento completo como era antes da gravidez, mas não faça força para que não cause dores e nem prejudique a musculatura local.

Não deixe de tomar muita água, mesmo parecendo que seu corpo já tem o suficiente.

Manter a hidratação do corpo com água é essencial para saúde e limpeza do organismo, evitando contaminação de bactérias.

Fique Atenta

Problemas na Bexiga

Os ductos coletores de urina também estão relaxados e é mais fácil a penetração de bactérias na bexiga.

No caso de ardência intensa e dores durante a eliminação de urina, sangue na urina, febre ou dores lombares ou dor de barriga adicionais, há suspeita de infecção renal.

Problemas de bexiga que parecem corriqueiros durante a gravidez, mas podem acarretar em uma infeção na bexiga, que se permanecer pode se encaminhar para uma infeção renal.

Infecção nos rins tem sintomas parecidos com a gravidez e infecção de urina, como náuseas, vômitos e dores lombares.

Portanto...

Mantenha seu médico informado sobre todo e qualquer desconforto ou dor para que exames e análises clínicas sejam feitas de maneira rápida e não exija um parto prematuro.

Se você tiver suspeita de infecção urinária, também conhecida como ITU (Infecção de Trato Urinário), fale com seu médico.

Através da coleta da urina, será feita uma análise para detectar a presença de bactérias. Se diagnosticado algum problema de bexiga, será indicado o tratamento adequado.

O tratamento costuma ser feito com antibióticos que não prejudiquem o bebê e não interfiram na gravidez.

E a Bexiga Baixa?

bexiga baixa
Crédito da imagem: Clinica Chazan

A bexiga baixa é o nome popular dado ao prolapso genital, um problema que pode acontecer com mulheres que já tiveram filhos.

Ele acontece quando as musculaturas das paredes da vagina enfraquecem e não podem mais sustentar os órgãos e eles acabam se deslocando, podendo sair pelo canal da vagina.

Os órgãos afetados são útero, intestino e a bexiga.

A gravidez pode ser uma das causas do prolapso genital, principalmente em casos de parto natural sem acompanhamento médico ou por lesão no assoalho pélvico na retirada do bebê.

A menopausa também aumenta as chances para seu surgimento devido a ausência de hormônios que fortalecem os tecidos e músculos.

A bexiga baixa tem estágios que indicam quão graves é o problema.

No início do prolapso, é possível identificá-lo nos exames com o ginecologista, mesmo que não haja sintomas. Nos estados mais graves, os órgãos já estão exteriorizados.

Uns dos sintomas da bexiga baixa são fortes dores na região pélvica, descontrole na urina e prisão de ventre.

A correção do prolapso genital pode ser feito através de cirurgia, em casos mais graves, que restauram a posição da vagina e dos órgãos ou fecham o canal vaginal para que os órgãos não saiam do corpo.

Outra opção é o anel de borracha chamado pessário, que sustenta o útero.

Exercícios de fortalecimento da área pélvica são os mais indicados para evitar o problema da bexiga baixa e também em casos iniciais.

Os exercícios são indicados para grávidas ou para quem planeja uma gravidez.

Yoga e Pilates também são atividades físicas indicadas para o fortalecimento dessa musculatura.

Dicas para mudança em sua rotina para evitar problemas de bexiga

Alimentação

  • É muito importante beber bastante líquido, de dois a três litros por dia, pois assim você eliminará as bactérias.
  • Coma frutas ácidas com bastante vitamina C, como laranjas, limões ou kiwis.
  • Evite açúcar refinado.

Prevenção

  • Ginástica para a pelve fortalece sua musculatura; assim, a bexiga ficará menos sobrecarregada.
  • Use roupas íntimas de fibras naturais e troque-as com frequência.
  • Não utilize nenhum produto para higiene íntima perfumada ou desinfetante com conservantes, eles favorecem o crescimento de bactérias.
  • Alimentação ácida e vitamina C natural tornam a urina ácida. A vantagem é que os germes não conseguem se desenvolver bem em meios ácidos.
  • Vá ao banheiro com frequência, não espere até a bexiga estar cheia. Você deve urinar também após a relação sexual para expulsar imediatamente eventuais bactérias existentes.

Tem mais dúvidas? Procure seu médico com urgência, pois os problemas de bexiga podem causar contrações precoces.

Crédito da imagem sobre Bexiga Baixa: Clinica Chazan

Nunca Faça Isso

remedios na gestacao - cuidado

Nunca tome remédios que já foram eficazes contra os problemas de bexiga antes da gravidez.

Converse sobre isso com seu médico e peça a indicação correta.

O Próximo Passo...

Sabemos que este período de gestação - especialmente quando se trata da primeira gravidez - gera muitas dúvidas e inseguranças.

Por isso, gostaríamos de presenteá-la com o nosso Manual da Grávida .

Um guia completo com tudo o que você precisa saber sobre esta nova fase da sua vida.

Baixe Grátis.

manual-da-gravida-banner-laranja

Assuntos relacionados: Bexiga, Desconforto, Desconforto na Gravidez, Doenças, Dores, Gravidez, Infecção, problemas de bexiga, Saúde, Saúde na Gravidez, Semana 24, Semana 25, Semana 26, Semana 27, Semana 28, Semana 29, Semana 30