As vantagens da amamentação

Silicone e AmamentaçãoHá quem diga que amamentar é uma dádiva. Algumas mães oferecem o peito por meses, outras encontram barreiras que impossibilitam este ato. Listamos aqui algumas vantagens a curto, médio e longo prazo. Quem sabe você não fica entusiasmada?

 

A amamentação deve ser praticada a partir do nascimento e orienta-se que seja exclusiva nos primeiros seis meses de vida. O peito pode ser oferecido a qualquer momento para o bebê e o leite é um alimento completo.

“Ele (o leite) contém aproximadamente 250 substâncias bioativas e possui vitaminas, proteínas, açúcares, gordura e água”, explica o livro Filhos: da gravidez aos 2 anos de idade: dos pediatras da Sociedade Brasileira de Pediatria para os pais.
Além da nutrição física, a amamentação também ajuda na construção emocional do bebê, na recuperação da mãe e no vínculo deste binômio.

A curto prazo:
Quando o bebê mama, o hormônio ocitocina faz com que o leite desça e o útero se contraia, o que ajuda a mamãe a se recuperar e previne a anemia. “Os bebês amamentados após o parto choram menos, o que deixa as mães menos ansiosas. Além disso, a amamentação logo após o nascimento ajuda a prevenir a "depressão pós-parto choram menos, o que deixa as mães menos ansiosas. Além disso, a amamentação logo após o nascimento ajuda a prevenir a depressão pós-parto , ressalta o livro.

  • A médio prazo:
    A oferta do peito constante auxilia a mãe a perder o peso que ganhou na gestação mais rapidamente. E faz com que ela fique mais tempo sem menstruar, o que ajuda a evitar uma nova gravidez e a prevenção da anemia. Consulte seu médico a respeito dos medicamentos e contraceptivos que podem ou devem ser usados durante este período.
  • A longo prazo:
    Diminui o risco de câncer de mama, de endométrio, de ovário e até de osteoporose depois da menopausa.
  • As vantagens emocionais:
  • "Vivência única entre mãe e filho, que o momento da amamentação proporciona.
  • Aumenta o apego, reduzindo chances de rejeição e abandono do bebê.
  • Favorece a comunicação deste binômio, o que é muito positivo nas relações futuras.
  • Diminui a ansiedade materna.
Assuntos relacionados: 1 e 2 Semana, 11 e 12 semana, 13 e 14 semana, 15 e 16 semana, 3 e 4 Semana, 5 e 6 Semana, 7 e 8 semana, 9 e 10 semana, Aleitamento Artificial, Aleitamento Materno, Alimentação da Mãe, Amamentação, Nutrição