A preparação para Engravidar

Muitas mulheres planejam a gravidez.

9807fff81d807eb0e1d31f70b362aedf485d071c_primaryMuitas mulheres planejam a gravidez. Conheça algumas orientações dos médicos mesmo se você engravidou sem planejar.

Quando o casal decide ter um filho, a primeira atitude é planejar a gravidez. Para isso, a mulher deve procurar um ginecologista para avaliação preconcepcional para investigar sobre a sua saúde.

“O ideal é que ela faça exames pré-natais, tipo um checkup. Então, ela vai fazer exame de sangue para detectar anemia, infecções, doenças como rubéola, hepatite B, toxoplasmose. Assim será possível identificar algum possível risco para a gestação”, explica a Dra. Lilian de Paiva, obstetra da Santa Casa de São Paulo.

Se a mulher for portadora de alguma infecção, é necessário tratá-la. “No caso da rubéola, é preciso vacinar a paciente, explica o Dr. Pedro Paulo, obstetra associado da Federação Brasileira de Ginecologia e
Obstetrícia (Febrasgo). O sistema vacinal das gestantes deve estar em dia.

Neste momento, a futura mamãe deve informar ao médico se possui alguma doença crônica, como hipotireoidismo, que demanda o uso de remédios diariamente ou se isso acontece por outro motivo, como tratamentos psiquiátricos para depressão, por exemplo.

A Dra. Lilian explica que, nestes casos, o obstetra precisa entrar em acordo com o psiquiatra ou o médico que trata a doença crônica, para ajustarem a dose de medicação que a gestante deve tomar.

Outra orientação muito importante por parte dos médicos é o uso do ácido fólico entre um e três meses antes da concepção.

“O uso do ácido fólico influencia na formação do tubo neural do feto”, conta Dr. Pedro Paulo.

Mais um cuidado que deve ser tomado pelas mulheres que querem engravidar é em relação ao peso. Ela precisa estar dentro do peso ideal para então, planejar a concepção. Para isso acontecer, ela pode fazer exercícios físicos diariamente e balancear a alimentação, atitudes fundamentais também durante os nove meses seguintes.

“A alimentação durante a gravidez é fundamental, ainda para as vegetarianas e veganas, quando deve haver suplemento de substâncias, como vitaminas. Para mulheres que fizeram cirurgia bariátrica, cuidados especiais também devem existir”, relatou o Dr. Pedro.

Em relação a preparação psicológica, a Dra. Flavia explica que, se a mulher tem a intenção de engravidar, a stiuação é mais fácil.

 “A união estável com o parceiro e o suporte da família também ajudam muito na vida emocional da gestante”. Para as grávidas que não se encontram neste ambiente confortável, é realizado um trabalho multidisciplinar.

Assuntos relacionados: Desenvolvimento, Gravidez, Parto